Top
Vacinação contra Covid19 nos Emirados Árabes

Vacinação contra Covid-19 nos Emirados Árabes

Marhaba (oi), miga! A novidade de hoje está maravilhosa e é para começar o ano de 2021 com notícias boas: iniciou a vacinação contra Covid-19 nos Emirados Árabes Unidos!

Vacinação contra Covid19 nos Emirados Árabes

No último dia 09, o país aprovou a vacina de origem chinesa para o uso público.

Até então, a vacina ainda estava em fase de testes, mas após se demonstrar 86% eficaz foi oficialmente aprovada e passa agora a ser distribuída gratuitamente para residentes e cidadãos emiratis.

Qual é a vacina aprovada pelo país?

A grande estrela na vacinação contra Covid-19 nos Emirados Árabes é a vacina chinesa desenvolvida pela farmacêutica estatal Sinopharm.

A vacina esteve em fase de teste desde julho. Na fase 3 de teste foi aplicada em voluntários de diversas nacionalidades, bem como em emiratis.

Em setembro, recebeu o status de emergência, sendo então aplicada em funcionários da linha de frente, funcionários do governo e vários ministros do país.

Ministros dos Emirados recebem vacina contra Covid19
Ministros dos Emirados recebem vacina contra Covid-19. Fonte: www.thenationalnews.com

Assim como outras vacinas, ela é feita utilizando o vírus morto de Sars-CoV-2, que causa o Covid-19.

A vacina é administrada em 2 doses, sendo a segunda dose aplicada 21 dias após a primeira.

Quem pode fazer parte da vacinação contra Covid-19 nos Emirados Árabes?

Residentes de qualquer nacionalidade, assim como também cidadãos emiratis podem receber a vacina de forma gratuita após o agendamento via telefone ou aplicativo.

Quais são os benefícios de receber a vacina?

Logicamente existem os benefícios relacionados à saúde, mas além disso os Emirados oferecem benefícios de locomoção para aqueles que forem vacinados. Até o momento, as fronteiras que ligam o emirado de Abu Dhabi aos demais emirados estão sendo controladas.

Apesar de ser apenas um país, cada emirado aqui possui suas próprias regras (são 7 emirados no total) e cada emirado se posicionou da sua forma em relação aos cuidados tomados durante a pandemia.

O emirado de Abu Dhabi permaneceu muito rígido durante todos os meses da pandemia, e criou regras como fechar fronteiras e exigir que viajantes vindos de fora do país permaneçam 14 dias isolados utilizando um relógio rastreador, além de passar por diversos testes PCR.

Para saber um pouco mais sobre como foi ficar 14 dias de quarentena após chegar pelo aeroporto de Abu Dhabi, tendo um rastreador parafusado ao meu pulso, clica aqui e confere nesse post.

Atualmente apenas é possível ingressar no emirado de Abu Dhabi, onde resido, ao apresentar na fronteira o teste PCR negativo. Além disso, é obrigatório que se faça o teste também no 4º e no 8º dia após ingressar em Abu Dhabi.

Quem receber a vacina, por exemplo, estará isento dos 3 testes necessários para ingressar em Abu Dhabi via terrestre. Assim como estará isento também de passar 14 dias de quarentena caso entre no país via aérea. Nesse caso, apenas será solicitada a realização dos testes PCR no país de origem e na chegada nos Emirados.

Vacina chinesa contra Covid19 nos Emirados
Voluntária preenche cadastro antes de receber dose da vacina contra Covid-19 nos Emirados Árabes. Fonte: www.gulfnews.com

Ou seja, receber a vacina é uma maneira de poder viajar entre os emirados e para fora do país com mais facilidade.

Vamos ter apenas a vacina chinesa contra Covid-19 nos Emirados?

Não, miga. Atualmente o país está cadastrando voluntários que estejam dispostos a participar da fase 3 de teste da vacina russa, a Sputnik.

Enfim, quem disse que a vida só voltaria ao normal ao termos vacinas disponíveis, já pode vibrar com uma das melhores notícias para o final de ano, né, miga!

Me despeço por aqui, vacinada e feliz!

Forte abraço da sua miga do deserto.

Bailarina profissional de dança do ventre, residente nos Emirados Árabes Unidos. Deixou para trás a estabilidade que tinha no Brasil e seguiu um sonho no outro lado do oceano, enfrentando barreiras culturais e se tornando sua própria empresária. Formada em Ciências Contábeis, mas atualmente contadora apenas de histórias dessa vida louca!

Deixe-nos um comentário, miga!