Top

Tendências de Mercado para 2021: O pós-pandemia

O “novo normal” veio para ficar, né, miga? Definitivamente 2020 mudou o mundo dos negócios. Muitos empreendedores e até grandes empresas precisaram se reinventar. De fato, 2020 foi um ano muito desafiador…, mas agora, o que esperar do mercado em 2021?

Em 2020 vivemos um cenário global de recessão. Porém, em 2021 já podemos vislumbrar um cenário pós-pandemia, apesar de tudo ainda ser muito incerto. Para se sair bem, entenda que toda crise traz consigo oportunidades. E sai na frente aqueles que conseguem enxergar além, reconhecer as necessidades de consumo e fazer disso uma oportunidade.

Tendências de mercado para 2021

Tendências de Mercado para 2021: O que esperar do “novo normal”?

As empresas que conseguiram e ainda estão conseguindo se adaptar à nova realidade farão parte da recuperação econômica do país. Afinal, o coronavírus trouxe entre tantas coisas, uma crise econômica sem precedentes.

Em contrapartida, o empreendedorismo nos faz crer em um 2021 muito melhor. Segundo o Ministério da Economia, apesar da pandemia, 782 mil novos negócios foram abertos formalmente, entre maio e agosto de 2020. Sem contar os negócios informais que surgiram.

É muito importante sentar e planejar, miga! Analise o seu negócio de forma macro. Onde você está agora e onde quer chegar. Assim, com pensamento e planejamento estratégico, você conseguirá relacionar o que você quer, com o que o consumidor precisa e com o que o mercado apresenta e se posiciona. Logo, você conseguirá ter o seu negócio alinhado com as suas expectativas, com as expectativas dos clientes e principalmente, trabalhando dentro do que é a realidade do momento.

As tendências de mercado para 2021

Abaixo vamos analisar as tendências de mercado para 2021:

1. Customização

Quem não gosta de algo personalizado? A possibilidade de customizar um produto a ser vendido no varejo é uma grande tendência para 2021. E não se trata só de um produto físico personalizado. Mas também personalizar a experiência de compra do cliente com sua empresa, seja no online ou no offline. Quando uma pessoa se sente única ao entrar em contato com sua empresa, ela verá seu negócio como único perante aos demais que não se preocupam com a jornada de compra do cliente.

Segundo o Infosys, 86% dos consumidores afirmam que customização tem algum impacto na decisão de consumo.

2. Marketing Omnichannel

Em tradução literal, Omnichannel quer dizer “em todos os canais”. E nada mais é do que uma tendência de marketing para unificar todos os pontos de atendimento de uma empresa, seja no online ou no offline. Unificação essa, que visa melhorar a experiência de compra do cliente.

Na pandemia, vimos uma crescente alteração nos hábitos de consumo. Uma pessoa pode querer comprar um produto em uma loja física, mas também online pelo computador ou celular. Pode optar por receber o produto em casa, ou por retirar no local. Pode querer comprar às 9 da manhã, às 19 horas ou até na madrugada. E ter uma empresa com estratégia Omnichannel é estar preparada para qualquer escolha do seu cliente e atendê-lo da melhor forma, seja qual for o ponto de contato dele com a empresa.

Vale até pensar e refletir que o mercado online não é um concorrente do mercado físico, e sim um aliado. Estar preparado em todos os canais e pontos de contato para atender a toda e qualquer necessidade do seu cliente fará com que sua empresa saia na frente das demais.

3. PIX

O Pix veio para ficar. O serviço de pagamento instantâneo do Banco Central nos proporcionou um meio de pagamento rápido, seguro e eficiente. Logo, é possível fazer um pagamento isento de tarifas e em 10 segundos, 24 horas e sete dias por semana, incluindo feriados e finais de semana.

Logo, esse queridinho permite realizar pagamentos instantâneos a lojas, restaurantes e até prestadores de serviços. Ampliar e facilitar as formas de pagamento do seu cliente pode ser fator decisivo para compra. Além disso, o Pix tem sido apontado como opção de pagamento para pessoas que têm algum tipo de receio de comprar em lojas virtuais com medo de fraudes.

4. E-commerce

O e-commerce foi fator decisivo para que muitas empresas conseguissem manter o seu negócio durante a pandemia. E em 2021 ele será realidade indispensável para os empreendedores. Quando você tem um e-commerce, você deixa de atender apenas o seu bairro ou cidade, passando a escalar suas vendas em todo o Brasil, além de facilitar e muito a vida do cliente, que agora no início de 2021 se mantém em isolamento social e que pode se habituar em comprar pela internet no pós-pandemia.

5. Shop Streaming

Como o próprio nome já diz, o Shop Streaming são vídeos ao vivo para realizar vendas, sendo possível apresentar produtos, vitrines, falar de suas funcionalidades, detalhes e até exemplificar o uso. Tratando-se de uma transmissão ao vivo, ainda é possível contar com a interação do público, que irá conduzir o que será mostrado e falado no vídeo, de acordo com as perguntas e sugestões. A exemplo disso, podemos citar as Lojas Americanas, que desde a Black Friday vem fazendo lives de promoções.

Por fim, podemos concluir que o que será tendência em 2021 é a experiência de compra do consumidor, aliada à tecnologia e inovação por parte das empresas. Agora, miga, é hora de sentar e planejar os próximos passos do seu negócio. Em resumo, entender o que seu cliente quer, precisa e como você pode inovar e surpreendê-lo é mais do que necessário para o pós-pandemia.

Engenheira de Produção e agora Empreendedora Digital, entendi que podemos sempre nos reinventar! Entre outras coisas, sou estrategista digital e criadora de conteúdo, acredito que o Empreendedorismo Online empodera e transforma o mundo! Conte comigo, quero te ajudar a ser livre e independente construindo seu conteúdo online.

Deixe-nos um comentário, miga!