Top
Negócios Digitais

Negócios digitais: tudo o que você precisa saber

Com o crescimento do mercado de infoprodutos e lançamentos, consequentemente o de negócios digitais está no seu auge. Depois da pandemia, esse novo modelo de mercado se fortaleceu ainda mais, tendo em vista que muitas pessoas precisaram se reinventar com o novo cenário mundial.

Entretanto, não foram apenas esses movimentos mundiais de mercado que moldaram nossa forma de empreender, mas as oportunidades de novos negócios até então não desbravados por ninguém. Por isso, a internet é sem fronteiras e uma boa empreendedora sabe aproveitar bem isso.

O que são negócios digitais?

Os negócios digitais são empresas que, através da tecnologia e da internet, desenvolvem e comercializam produtos e serviços. Em resumo, um negócio digital precisa estar atualizado, conectado e utilizar de estratégias de marketing para conseguir seu espaço na tela – e na mente – do seu consumidor. 

O crescimento desse mercado é contínuo e descontrolado, ainda mais depois desse ano. Por exemplo, a Magazine Luiza registrou aumento de 182% nas suas operações online durante pandemia, enquanto o Mercado Livre dobrou o volume de vendas. 

Vale lembrar o levantamento realizado pela Harvard Business Review (HBR) em junho deste ano, que aponta o Brasil como o 35º país mais favorável para fazer negócios digitais. Apesar de nossa dificuldade em abrir um negócio com tamanha burocracia, ainda conquistamos uma boa posição no ranking.

Há quem diga, inclusive, que esse modelo de negócio não vai ser mais uma opção no futuro. Será?

E-commerce ou E-business?

E-commerce é, na tradução literal, comércio eletrônico. É como se você estivesse em um shopping, podendo escolher o que quiser, inserir no seu carrinho e comprar! Mas, sabe o melhor? Você está apenas com uma tela aberta!

Já o e-business contempla todas as relações comerciais, desde fornecedores, parceiros e clientes. O e-business também conta com um sistema totalmente eletrônico atrelado ao seu negócio, como por exemplo: SAC (serviço de atendimento ao cliente), CRM (gestão de relacionamento com o cliente), etc. Ou seja, e-business é o sentido amplo do que chamamos de negócios digitais.

Negócios digitais em alta

Existem inúmeros benefícios ao empreender através de um negócio digital, miga! Por exemplo, nem sempre precisa de um investimento tão alto, já que você pode utilizar ferramentas mais em conta com suporte imediato nesse mundo online.

Dentro dos negócios digitais há várias possibilidades para uma empreendedora que constrói sua própria história, veja só:

1. E-commerce

Já pensou em ter uma loja virtual, miga? Você pode vender de tudo, camisetas, joias, calçados, papelaria, etc. O mais importante em um bom e-commerce é possuir uma estrutura completa de loja virtual com vitrine, carrinho e pagamento.

2. Marketplace

Não curtiu muito ter sua própria loja virtual? Tem uma opção mais fácil! Você pode ter seus produtos vendidos em uma plataforma que não é sua. A plataforma se divulga e você só precisa anunciar seus produtos, como por exemplo o Mercado Livre.

3. Produtor de conteúdo

Blogueirinha que fala, né? Os criadores de conteúdo (os que realmente criam conteúdo) têm ganhado destaque entre grandes empresas. É inegociável que eles potencializam as vendas e geram um buzz nos negócios digitais. Para isso você pode ter um canal do Youtube, um perfil do Instagram, Tiktok e por aí vai! Confira esse artigo no qual falei sobre ser uma produtora de conteúdo moderna!

4. Infoprodutos

Mais conhecido como infoprodutos, o mercado de educação digital é o que mais cresce no país. Infoproduto nada mais é do que informação digital, disponibilizada de forma online para quem a consome. Portanto, os infoprodutos são boas opções para você que tem um conhecimento acima da média e queira monetizar isso, miga! Exemplos de infoprodutos mais comuns: e-books, cursos, masterclass, mentorias, etc. Quer entender mais sobre esse assunto? Confira o post que fiz sobre!

Uma empreendedora digital

Não basta querer dominar o mundo sem fronteiras, né, miga? Precisa entender que o perfil de uma empreendedora digital é um pouco diferente da empreendedora convencional. Portanto, segue uma lista de características importantes para você exercitar em si :

Dinamismo

A internet muda o tempo todo e as pessoas cansam rápido de tudo. Ter dinamismo é essencial para uma empreendedora digital, afinal, é ele que vai ajudá-la a conseguir destaque nesse grande mar azul que é o digital.

Organização

Empreender digital muitas vezes é cômodo, pois você pode trabalhar de pijama da sua sala de estar. No entanto, miga, você precisa cuidar com a organização da sua rotina. Muitas empresas só não deslancham por falta de organização de empresários.

Causa

É fato: os consumidores não compram apenas pelo serviço/produto. Ou seja, sua marca precisa de um propósito para existir e bandeiras para levantar. Afinal, pessoas se conectam por conta disso e o ambiente da internet pede por um posicionamento.

Moving Girls

A empreendedora digital precisa ser uma moving girl, né miga? Destemida, corajosa, que rebola a r@ba nos problemas e está on para o que der e vier. Aliás essa empreendedora sabe usar até os erros a seu favor e não desiste nunca!

Partiu dominar o mun… ops, a internet, sua safada? Em primeiro lugar, corre para ler o texto que a Gabriella Servi escreveu com dicas de como você pode começar seu negócio digital!

Boss, miga!

Millennial com orgulho, disruptiva e apaixonada por impulsionar mulheres a serem autoridades e monetizarem seu conhecimento na internet!

Deixe-nos um comentário, miga!