Top

Canadá: 10 passos de uma especialista para sua estratégia de sucesso

Miga, vamos executar estratégia de sucesso em seu empreendimento? No post de hoje, trago uma metodologia que pode ser aplicada ao seu negócio.

Em primeiro lugar, você precisa saber quem está por trás dessa metodologia de sucesso.

Ella Mar é especialista em trazer o planejamento estratégico para os planos de execução gerenciáveis ​​e claros. Além disso, nos últimos 25 anos ocupou cargos de liderança em empresas de tecnologia no Canadá. Possui uma vasta experiência, liderando operações em diversos setores, como marketing, tecnologia, serviços profissionais, suporte de vendas, finanças e recursos humanos.

Ella Mar | Foto: reprodução

De acordo com a metodologia “Estratégia de Sucesso” desenvolvida por Ella, seu uso pode ajudar as empresas e pequenos negócios a obterem alinhamento e a conduzirem uma execução bem-sucedida. Fazendo isso, você:

  • Garante o alinhamento e um foco resultante nas prioridades;
  • Permite que a equipe aprenda com o conhecimento e a experiência uns dos outros;
  • Cria, através da vontade, responsabilidade pelos resultados.

Assim, esse processo é um exercício interativo. Ou seja, à medida que sua compreensão evolui, sua estratégia também evolui. Quando isso acontece, é importante voltar para uma etapa anterior. Vamos conhecer o primeiro passo?

1. Identifique sua “meta final” – como é o sucesso?

Antes de tudo, olhe para o futuro – talvez daqui a dois ou três anos – e visualize como é o sucesso para você. Inclua perguntas como:

  • Qual é a razão de sua empresa existir? Qual é a sua proposta de valor?
  • Quantos clientes você tem?
  • Para quais regiões você está vendendo?
  • Que abordagem você usará para “entrar no mercado”?
  • Qual é a sua meta de receita?

Nesse sentindo, sempre que possível use medidas objetivas para identificar seus critérios de sucesso. Como “teremos 10% de participação do mercado de todas as lojas de sapatos no Brasil” ou “Nosso índice de retenção de clientes será ≥ 80%”. Assim, isso torna muito mais fácil se comunicar com outras pessoas e medir seu sucesso. Não deixe que isso o impeça de incluir alguns critérios menos mensuráveis.

Assim, você pode incluir tópicos como “seremos conhecidos no setor por ter a equipe de atendimento ao cliente mais otimista” se acreditar que isso é essencial para o seu sucesso. 

2. Determine onde você está hoje

Do mesmo modo, comece com os mesmos parâmetros que você usou para definir o sucesso e veja onde você está hoje. Faça perguntas como:

  • Você entende as necessidades e os direcionadores do mercado que está almejando?
  • Possui um produto que atende aos requisitos desse mercado?
  • Tem uma abordagem de marketing e vendas que funciona?
  • Possui um modelo de negócio que funciona?
  • Você tem uma cultura corporativa que a ajudará a ter sucesso?

“Olhar no espelho” às vezes pode ser difícil. Ao mesmo tempo, nós nos vemos baseado onde gostaríamos de estar, e não onde estamos.

Seus clientes e parceiros podem ser valiosos para dar a você um vislumbre da realidade. Contudo, suas equipes, que lidam com o desenvolvimento, entrega e venda de sua proposta de valor, também podem ser boas em fornecer verificações da realidade. Às vezes, respostas anônimas fornecem os insights mais convincentes e honestos. 

3. Documente sua estratégia de negócios

A princípio, sua estratégia de negócios é o que leva você de onde está hoje para onde deseja estar (sucesso). É o que une os dois. É valioso documentar sua estratégia de negócios em uma declaração simples com a qual sua equipe concorde e que pode ser comunicada à sua organização. 

Este processo, deve, no mínimo, incluir as seguintes respostas:

  • Que problema você está resolvendo (sua razão de ser, proposta de valor) ?
  • Para quem você está resolvendo (segmento de mercado/cliente) e como você o levará a eles?
  • Qual é o seu diferencial ou vantagem injusta? 

4. Identifique o que você precisa realizar para alcançar o sucesso

Nesse meio tempo, lembre-se do que você aprendeu sobre onde está hoje.

Da mesma forma, identifique o que você precisa realizar para executar sua estratégia e alcançar o “sucesso”. Isso refere-se a metas de negócios. Alguns exemplos incluem:

  • “Entender melhor o segmento de mercado da indústria fitness dos EUA para desenvolver nosso produto e atender às suas necessidades”;
  • “Desenvolver canais por meio de provedores de serviços ‘confiáveis’ para o mercado brasileiro”;
  • “Amadurecer nossa equipe de vendas com as habilidades necessárias para vender neste mercado”;
  • “Precisamos amadurecer metodologias de desenvolvimento de software para atender ao número de desenvolvedores que precisaremos”;
  • “Criar uma equipe e processos focados no sucesso do cliente para impulsionar a retenção de clientes”. 

5. Documente suas suposições

As premissas que usamos quando fazemos planos, às vezes, estão tão enraizadas na mentalidade de nossa empresa que as consideramos certas. Por exemplo:

  • Nenhum dos ‘grandes’ jogadores vai entrar neste mercado porque não é grande o suficiente para eles. Como tal, é um grande mercado para irmos atrás; ou
  • O uso de canais para o mercado asiático será mais eficaz, pois não conhecemos bem o mercado.

É útil capturar essas suposições, pois é provável que você tenha baseado sua estratégia nelas. Se alguma dessas suposições estiver errada, você pode precisar modificar sua abordagem. 

6. Priorize seus objetivos

Sem priorização, você acaba com uma longa lista de itens que a sobrecarregarão. Aqui está uma sugestão de metodologia de priorização ponderada. Assim, classifique cada meta em relação à sua urgência e impacto em alcançar o sucesso.

  • Urgência: quão crítico é esse objetivo? (3 = Muito, 2 = Médio, 1 = Menos)
  • Impacto: Qual será o impacto dessa meta para alcançar o sucesso? (3 = Altamente, 2 = Médio, 1 = Menos)

Depois de avaliar seus objetivos de negócios, multiplique “urgência” por “impacto” para cada um. Cada meta terá então uma pontuação de 9, 6, 4, 3, 2 ou 1. Embora o processo possa parecer um tanto mecânico, ele cria uma lente mais objetiva a qual revisa tudo o que você precisa realizar. Você não usa o processo sozinho para tomar suas decisões finais, mas o usa como um guia.

Contudo, nem todos sempre concordarão com as classificações de cada objetivo. Você precisará escolher como tomar uma decisão. 

Assim, trabalhar esse exercício de priorização, garante que todos tenham um entendimento comum do negócio, além de se sentirem ouvidos e poderem também explicar por que você priorizou objetivos específicos em relação aos outros. 

7. Concentre-se em metas de negócios selecionadas

Nesse meio tempo, usando as pontuações do exercício de priorização, identifique em quais metas focar nos próximos 3-6 meses. Tente manter a lista gerenciável; você pode adicionar outras metas conforme avança.

Por exemplo, algumas pessoas preferem escolher apenas três objetivos para focar de cada vez. Se você selecionar mais de três objetivos, certifique-se de que nenhuma pessoa seja responsável por muitos. Afinal, é melhor você fazer um grande progresso em poucos do que um progresso medíocre em muitos.

8. Assegure a responsabilidade

Seja como for, a maioria de seus objetivos de negócios exigirá o envolvimento de vários membros da equipe. Mas, sempre que possível, ajuda ter uma pessoa responsável por conduzir cada objetivo. Essas metas identificadas como as mais importantes devem ser “propriedade” dos membros da equipe de liderança.

Além disso, este é onde o seu nível de conforto com “delegação completa” X “mergulhos profundos” entra. Logo, alguns CEOs estão felizes com ter um “dono” e uma data final para cada meta. Outros CEOs pedem ao proprietário para desenvolver um plano e revisá-lo antes do início da execução. O processo de desenvolvimento depende de você.

9. Comunique-se internamente

Antes de tudo, comunicar suas metas de negócios e planos de execução para o resto da organização é essencial. Quando todos entendem para onde a empresa quer chegar e como planeja chegar lá, eles são mais capazes de contribuir com o sucesso.

É sempre melhor apresentar as informações para a equipe ao vivo para que você possa compartilhar seus processos de pensamento e responder a perguntas. É igualmente importante fornecer uma cópia por escrito a todos. Documente seu jogo final (sucesso), sua estratégia e seus objetivos de negócios em uma página única e torne-o prontamente acessível para a equipe revisar a qualquer momento. 

10. Acompanhamento

Em suma, sem acompanhamento, os planos mais bem elaborados são apenas isso – planos. Embora a sua equipe provavelmente já esteja ocupada lidando com as questões do dia a dia, ainda assim, para garantir que atenção suficiente seja dada às suas metas de negócios, você precisará se reunir regularmente, além de garantir que o progresso seja feito e o alinhamento da equipe seja mantido.

Em cada uma de suas reuniões:

  • Verifique se alguma de suas suposições está errada ou se alguém aprendeu algo novo que pode afetar seu negócio. Nesse caso, você terá que repensar sua estratégia.
  • Veja se alguém precisa de ajuda. Às vezes, os líderes ficam tão envolvidos com seus próprios desafios que se esquecem de estender a mão para ajudar uns aos outros. Ainda mais frequentemente, eles deixam de pedir ajuda quando eles precisam.
  • Revise o progresso e determine se você está dentro do cronograma. Lembre-se, como líderes, devemos nos responsabilizar ​​pelo cumprimento de nossos compromissos. Ao estabelecer um padrão alto, podemos impulsionar a responsabilidade dentro de nossas organizações. 
estratégia de sucesso

Miga, seja como for, se a sua cabeça fritou com esses 10 passos para executar estratégia de sucesso em seu empreendimento, não se desespere! Recomendo que você releia e traga os passos para o seu negócio, isso vai te ajudar a ter mais clareza.

Por fim, caso queira trocar informações sobre o tema, deixe nos comentários ou me encontre na Plataforma da Moving Girls para enriquecermos nossas experiências.

Se você busca por mais assuntos relacionados ao tema, recomendo a leitura desse post: 5 passos para montar uma equipe de sucesso

Até mais, maravilhosa!

Formada em Gestão Pública com Mestrado em Gestão de Projetos, foi a cooperação técnica internacional para o desenvolvimento meu chamado mais forte até hoje, deixando como legado minha crença pessoal e profissional nesse movimento global de mudança em direção ao desenvolvimento sustentável, inclusivo e resiliente. Atualmente moro no Canadá, em busca de novos desafios e também empreendendo no universo digital, contando sempre com coragem e criatividade para se reinventar.

Deixe-nos um comentário, miga!