Top

8 perguntas para se fazer antes de começar um negócio

Miga, antes de começar um negócio, a gente precisa se fazer algumas perguntas. Isso ajuda a clarear a mente para que você tenha certeza de que o empreendedorismo tem mesmo a ver com o seu estilo de trabalho. Bora?

1. Quais são os maiores desafios para se começar um negócio?

Desafio de começar um negócio aceito
Desafio aceito

A princípio, essa é a pergunta de ouro. Sem ter uma visão macro do seu negócio não dá para se planejar. Antes de pensar em organizar a empresa, é fundamental saber quais desafios você vai enfrentar. Nesse sentido, abaixo você tem a lista dos maiores e mais comuns desafios quando a questão é empreender:

  • Capital inicial suficiente para manter o seu negócio fluindo;
  • Desenvolver seus produtos ou serviços;
  • Resiliência e persistência;
  • Trabalhar mais do que você esperava;
  • Entender o que o seu mercado deseja e reconhecer suas personas;
  • Superar as frustrações de ser constantemente rejeitada pelos clientes no início;
  • Equilibrar vida pessoal e vida profissional;
  • Gerenciar seu próprio tempo.

2. Que tipo de negócio devo começar?

Escrevi sobre isso aqui no blog da Moving anteriormente: se você está pensando em começar um negócio, é imprescindível que você seja apaixonada pelo que faz. Além disso, existem outros fatores importantes para você considerar enquanto constrói seu império:

  • Plano de negócio: comece com um bem enxuto, você não precisa passar um mês elaborando.
  • Mercado: estude bem o seu! Liste tudo aquilo que tem potencial de crescimento a curto, médio e longo prazo.
  • Experiências: tenha algumas na área em que você quer abrir sua empresa. Se você não tem, vá em busca!
  • Gostar: sim, você precisa gostar do que faz, sei que já falei, mas não canso de repetir. Começar um negócio apenas por grana não é sustentável.
  • Transformar: esse ponto, para mim, é primordial. Que os nossos negócios transformem significativamente a vida dos clientes para melhor.

3. Quais são os maiores erros cometidos por empreendedoras iniciantes?

Desde já, lembre que errar é humano. Em suma, você vai errar durante a sua jornada de começar um negócio. Seja como for, é impossível encontrar uma empreendedora que nunca tenha cometido um deslize aqui e ali. E está tudo bem! Faz parte do nosso processo de aprendizado. Os maiores erros quando a gente está iniciando um business são:

  • Pensar que é fácil e que o sucesso vai acontecer do dia para noite;
  • Dar pouco valor para os planejamentos de curto, médio e longo prazo;
  • Não cuidar do financeiro;
  • Não se adaptar nem inovar;
  • Deixar de dar atenção para as vendas (e pós-venda) e o marketing;
  • Descuidar da qualidade do produto ou do serviço;
  • Não entender o cenário em que a empresa se encontra;
  • Ignorar questões legais e contratuais;
  • Precificar errado seus produtos ou serviços.

4. Preciso de uma advogada para começar um negócio?

A princípio, não! Especialmente se for um microempreendimento individual ou um negócio simples. Contudo, quanto mais o seu business cresce, mais vai precisar de alguém especializado. No blog da Moving, a Priscila Mourão escreve sobre direito para negócios e propriedade intelectual. Tenho certeza de que o conteúdo vai te ajudar tanto quanto me ajuda!

Uma advogada especializada para começar um negócio

5. De quanto dinheiro preciso para começar um negócio?

Definitivamente, essa questão é muito relativa porque ela depende de muito fatores. Todavia, para simplificar: tenha o máximo de dinheiro que puder ao começar um negócio! Em outras palavras, calcule todas as suas despesas fixas e projete as variáveis para no mínimo 12 meses. Posteriormente, com sua reserva, você vai conseguir dedicar o tempo e a energia necessários para o seu business. Ainda assim, é muito comum que no primeiro ano você tenha renda zero, ou seja, não é suficiente para se manter. Miga, vai por mim, levanta o seu caixa e, então, invista no seu negócio. Seja como for, entenda que leva um tempo até você começar a fazer dinheiro. Além disso, você vai ter mais despesas do que o previsto.

6. De quais autorizações, licenças ou registros preciso para operar meu negócio?

À primeira vista, miga, cada business é um business diferente. Primeiramente, para saber quais são as burocracias necessárias para operar o seu, você precisa entender onde ele se enquadra. Por exemplo, aqui no Brasil, as empresas são classificadas com base em três conceitos: jurídico, tributário e porte.

Em síntese, dependendo da natureza, para começar um negócio você pode precisar das seguintes autorizações, licenças ou registros:

  • CNPJ;
  • Licença ou alvará de funcionamento;
  • Vistoria e observância às normas de segurança;
  • Licença ambiental;
  • Licença sanitária;
  • Registro de produtos controlados;
  • Licença para produtos de origem animal;
  • Licença para serviços da cadeia de turismo;
  • Registro na junta comercial e a lista continua.

Igualmente, fiz uma curadoria com 3 artigos que complementam a lista acima:

7. Quais documentos minha empresa deve ter sempre em dia?

Acima de tudo, quanto mais simples você puder organizar os seus registros, melhor. Como resultado, ter tudo isso organizado economiza tempo, dinheiro e muita dor de cabeça. Nesse sentido, listei alguns registros básicos, mas bem importantes para você ficar atenta:

  • Demonstrações Financeiras (por exemplo, balanço anual e o fluxo de caixa);
  • Registros de funcionários (se houver);
  • Alvarás;
  • Declarações e registros de impostos (federal, estadual e local; sobre vendas e propriedade);
  • Faturas e contratos;
  • Contas bancárias;
  • Guias de recolhimento.

8. Quais outras referências posso usar para começar um negócio?

Em conclusão, a gente sempre pode aprender um pouco mais a deixar a nossa vida e o nosso negócio ainda melhores. Por último, deixei mais 5 referências para você ir além no seu conhecimento e começar o seu negócio agora:

  1. Podcast da Dominação Mundial Diária
  2. SEBRAE
  3. Forbes Brasil
  4. Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios
  5. Endeavor Brasil

Acima de tudo, miga, espero de coração que esse artigo tenha clareado a sua mente e te ajudado a começar um negócio munida de ainda mais sabedoria.

Ao mesmo tempo, você sabe que pode contar comigo e com uma enxurrada de conhecimento aqui no blog da Moving.

Por fim, se você tem alguma dúvida sobre empreender, deixe seu comentário!

Um mega beijo!

A gente se fala no próximo post!

Eu escrevo sobre como ter um negócio f*da e uma vida leve.

Deixe-nos um comentário, miga!