Top

5 atitudes para planejar seus objetivos

Oii, miga, falando mais sobre como fazer um planejamento mensal eficiente surgiu a dúvida: ”e um objetivo em específico, como devo planejá-lo?” Para planejar um objetivo, devemos levar em consideração alguns pontos importantes para iniciarmos tudo. Vamos conferir?

Transformando sonhos em objetivos

Em um post aqui no blog citei para você como transformar um sonho em um objetivo. ”Um sonho se torna um objetivo quando ele deixa de ser apenas um querer e começa a ter informações nesse desejo”. Faça algumas perguntas:

  • Onde isso vai acontecer?
  • Quem está envolvido?
  • Qual o prazo para isso se tornar realidade?
  • Quanto isso vai custar?

Então, para começar a falar sobre as atitudes para fazer um bom planejamento de objetivos devemos considerar se o desejo citado é realmente um objetivo ou se ele é um sonho ou uma meta. É importante que você já tenha dado informações para o mesmo e já tenha feito as perguntinhas clássicas, para que agora você possa planejá-lo de uma forma geral. Partindo desse princípio, vamos ao que realmente nos interessa, então.

5 atitudes para planejar

Atitudes práticas e bem intuitivas para que você possa colocar a mão na massa e saber o que realmente importa no planejamento dos seus objetivos.

1. Defina prioridades

Quando se trata de prioridades existem dois times de pessoas:

  • os que dizem que nós não precisamos ter prioridades se nossa vida estiver em pleno equilíbrio;
  • os que acham sim que a prioridade é importante, indiferente se sua vida está em equilíbrio ou não.

Eu, particularmente, faço parte do segundo grupo de pessoas; isso porque eu sei a importância e a diferença que definir uma prioridade teve na minha vida. Pensa comigo: durante toda a nossa vida nós passamos por muitas fases, durante elas, nos dedicamos para diferentes áreas, pode ser de relacionamento, profissional, saúde…

Em momentos diferentes sentimos necessidades diferentes e precisamos nos dedicar para áreas distintas. Isso não quer dizer que as outras áreas ficaram de lado e foram esquecidas totalmente; muito pelo contrário, a intenção é que você possa manter o equilíbrio entre todas as áreas da sua vida, MAS priorizar uma delas.

Assim, você consegue saber qual objetivo realmente é mais importante para você nesse momento e o que merece mais atenção; entenda a importância da prioridade e aplique na sua vida! A primeira idealização pode fazer muito sentido no teórico, mas na prática…

2. Especifique seus objetivos

A atitude já fala por si só e é bem autoexplicativa, mas para reforçar a ideia: deixe claro qual é o seu objetivo; qual é o seu ponto A e qual é o seu ponto B, trace o caminho com cuidado e seja específica na hora de defini-lo.
A ideia de trazer informações para o seu sonho e ele se tornar um objetivo é para que ele se torne mensurável e você não precise ter dúvidas quando você for revisá-lo. Então, não deixe nenhuma informação escapar, seja bem específica nessa hora.

3. Torne-o mensurável

Quando se trata de resultados, se você não sabe o que está procurando, não pode saber se atingiu seu objetivo. Você precisa ser capaz de medir isso e saber quando isso acontecerá. Qual será o marco decisivo para saber se foi realizado ou não?
Faça perguntas como:

  • Qual é o resultado esperado?
  • De que forma você pode ”medir” esse objetivo?

Portanto, torne-o tangível; a ideia é que você tenha uma maneira de medir seu progresso. Seja muito específico para que seus objetivos se tornem o mais mensuráveis possível.

se pergunte e se questione para planejar seus objetivos

4. Defina prazos

O ser humano já posterga por natureza, imagina se não tiver um prazo? Gosto de colocar prazo em todos os meus objetivos, assim sei que terei que atingi-los até determinada data. Isso diz muito sobre o que você precisa fazer e até QUANDO você precisa. Se não tiver uma data, muito provavelmente ficará “empurrando com a barriga” e não irá fazer, mas quando definimos um prazo, ele se torna uma espécie de ”desafio”, assim você sabe que precisa cumprir determinadas tarefas até esse dia para que o objetivo se torne real.

5. Faça um passo a passo e acompanhe

Para finalizar, vamos voltar ao que tinha falado sobre metas, objetivos e sonhos. Cada um tem seu significado no mundo da organização e quanto à meta, eu diria que é o nosso ‘’passo a passo’’, é tudo aquilo que você precisa fazer para realizar determinado objetivo. Como se fosse uma lista com todos os afazeres do mesmo, sabe? Aqui entra a importância de termos uma visão geral dos nossos sonhos para que possamos transformar algo grandioso em pequenos passos que devemos dar ao longo dos dias.

O que quero te dizer é: acompanhe o progresso dos seus objetivos, não estabeleça e deixe-os guardado no fundo da gaveta! Transforme-os em meta para que você possa saber todo o passo a passo e acompanhar de pertinho.


É isso, migas, essas são algumas das pequenas atitudes que nos ajudam a planejar nossos objetivos da forma certa. Espero que tenha te ajudado!

Empreendedora catarinense que te ajuda a alcançar seus objetivos através da Organização e Produtividade e te auxilia no Planejamento para que você seja quem sempre sonhou ser.

Deixe-nos um comentário, miga!